Do jeito que ela se veste aposto que é lésbica

Meu namorado é tão delicado comigo que estou desconfiando que ele é gay

O objetivo deste texto é desconstruir e reconstruir alguns preconceitos relacionados à sexualidade, aos gêneros e outras relações,

ou ao menos tentar nos fazer refletir e mostrar que temos preconceitos, e eles podem ser muito prejudiciais para nossas relações, e então ao menos tentarmos percebê-los e controlá-los para que eles não nos controlem.

“só considerarei a sociedade madura quando pararmos de diferenciar as pessoas por gênero, cor, tamanho, sexualidade, aparência, condição corporal, roupa, renda, profissão, formação, nome ou qualquer coisa do tipo. Quando seu filho disser que está a fim de alguém e você ficar feliz por ele, seja quem ou como for a outra pessoa… E isso for espontâneo e natural pra todo mundo. É tão difícil assim?”

Este artigo trata basicamente de respeito. Faremos essa reflexão sobre preconceitos, mostrando alguns conceitos básicos (os principais atualmente) para que paremos de confundir as coisas quando tratarmos desses conceitos. Alguns desses conceitos básicos podem possuir escalas que vão de um extremo a outro, inclusive com classificações intermediárias diferentes, mas aqui publicamos o básico.

Sexo biológico:

Mulher e Homem

É a genética que define em nossa formação ainda dentro do útero de nossas mães: se nasceremos com pinto ou com vagina no meio das pernas. Também conhecido como sexo de nascença, já que pode ser alterado posteriormente através de cirurgias.

Gênero

Feminino e Masculino

Refere-se à identidade adotada ou atribuída a uma pessoa de acordo com seus genitais, sua psicologia ou seu papel na sociedade. É portanto como o indivíduo se apresenta para a sociedade, como ele se sente e expressa ser frente ao meio que frequenta.

Transgênero seriam as formas de gênero escolhida ou vivenciada pela pessoa que é diferente de seu sexo biológico. Essa mudança pode ser temporária como nos casos de CrossDressers ou CDs  – pessoas que se vestem como sexo diferente, comumente em segredo ou para os íntimos mas podendo ser público como o caso do famoso cartunista Laerte. Ou temporária como Travestis, que assumem seu novo gênero no dia-a-dia, podem tomar hormônios para ficarem mais parecidos em seu corpo, mas sem intervenção cirúrgica. Ou podem ser mudança definitiva, como nos casos de transsexuais que fizeram cirurgia de mudança de sexo.

Orientação sexual: 

AssexualHeterossexualBissexualHomossexual

Trata da forma pela qual o indivíduo sente atração frente à afetividade e sexualidade. Respectivamente: Se não sente atração por outras pessoas (Assexual), Sente atração por pessoas do sexo/ou/gênero oposto ao seu (Hetero), Sente atração por pessoas de ambos os sexos/ou/gêneros (Bi, também chamado de pansexual) e, Sente atração exclusivamente por pessoas do mesmo sexo/gênero (Homo) que o seu.

Destas quatro classificações básicas, segundo alguns estudiosos, podem ser aprofundadas em diversas outras. Como por exemplo, dentre os que não se encaixam em orientações padrões surgem os Queer – que não se consideram héteros mas não necessariamente se identificam com as outras e sim apenas como alguem que está a margem da sociedade. Dentre os Assexuados (ver também 68) também podem haver várias ramificacões internas onde podem se identificar. Ou dentro de todas elas há as pessoas que só se sentem atraídas por determinados perfis, como apenas por pessoas que considerem inteligentes (sapiosexual), ou apenas por pessoas com determinado padrão de beleza, etc. Há também os que não tem distinção, acreditam apenas que basta rolar uma química, seja com quem for. Este exemplo é chamado de Pansexual.

genero

Posicionamento:

PassivoFlexívelAtivo

Refere-se ao receber a ação ou agir no momento do ato sexual ou também em outros momentos. Quem apenas recebe é passivo, quem apenas age é ativo. Também pode-se referir ao ato de penetrar (ativo) ou ser penetrado (passivo). Quem varia ou aceita variar de posição é flexível. Os termos também valem para tratar da iniciativa em “abordar” ou “chegar no outro”, ou em tomar iniciativa em relação às coisas da vida, sendo que o que toma iniciativa é visto como ativo, e o que espera chegarem em si ou espera os outros tomarem iniciativas é passivo. É comum as atitudes frente à forma de abordar refletirem a posição na cama, mas isso não é regra.

Atitudes (no namoro):

SensívelCarinhosoForte ou com PegadaAgressivoViolento

Tratam da forma de carinhos trocadas nos momentos de intimidades.

Provimento de recursos:

DependenteSustentadoIndependenteAutônomoProvedor

Tratam de quem sustenta financeiramente ou com recursos e muitas vezes também se referem em relação quem define às decisões finais a quem. Respectivamente: Dependente é 100% sustentado ou decidido pelo outro. Sustentado é bancado pelo outro mas tem também suas atividades independentes, só que não geram recursos suficientes. Independente é quando todos os envolvidos tem seus próprios recursos e se viram por conta, auxiliando aos demais quando convir. Autônomo é aquele que tem seu recurso e não depende dos outros, mas outros podem depender dele. Provedor é o que provem 100% das necessidades (e as vezes decisões) aos demais.

Outros:

Além dos anteriores, muitos outros perfis e características podem nos levar ao preconceitos. De uma infinidade destaco alguns comuns hoje. reparem como alguns são incrivelmente absurdos, mas existem:

Cor da pele. Etnia. Origem ou Procedência. Nome da Família. Nível de educação. Trabalho ou Profissão. Classe social aparente. Status ou Marcas de produtos (roupas, veículos, utensílios, etc.). Idade. Tipo físico. Penteado ou Tipo de cabelo. Estilo e/ou Gostos. Hábitos. Tipos de Relacionamentos. Número de parceiros ou grau de Promiscuidade. Opções políticas. Etc.

Portanto, a partir dos conceitos e possibilidades acima podemos definir alguns conceitos e paradigmas e outras possibilidades de quebra destes:

ESTEREÓTIPO

Clássico machista patriarcal, quadrado, conservador, judaico-cristão que ainda é maioria numa sociedade repressora como a atual:

Homens devem ser sempre Masculinos, Heterossexuais, Ativos e com Pegada forte. Sempre Provedores (o que sustenta a casa). Fora de casa deve aparentar o garanhão para os demais, fiel para as mulheres e insaciável para demais homens. Quando jovens os meninos são mais viris o quanto antes perderem a virgindade. Mulheres devem ser sempre Femininas, Heterossexuais (podendo ser bissexuais se for agrado DELES), Passivas, Sensíveis e serem Dependentes do seu marido. Devem aparentar a pura e virginal para os demais e ser sempre fiel, casta e submissa ao marido, vindo a perder a virgindade só após o casamento.

Machismo é uma forma ignorante de preconceito, adotada tanto por homens quanto por mulheres. Pesquise sobre CISgêneros.

POSSIBILIDADES

Retornando às provocações do começo deste texto:

1. Por que não aceitamos uma mulher que se veste como homem? Ou ainda que se comporte como homem, e que goste de mulheres? Ah mas isso é comum. Só que se ela for masculina e realmente gostar de homem? qual o problema disso? “Ah, mas isso não existe” dirão alguns preconceituosos. Então se ela não se depila ela é masculina? Mas homem que se depila, mesmo que por higiene, é gay então? Se você pensa assim tenho pena do seu minúsculo cérebro machista.

2. E o garoto, por que ele não pode ser sensível, ser delicado com sua namorada? Por que ele não pode gostar exclusivamente de mulher, mas sentir prazer em ser penetrado por ela? Isso não o torna homossexual. Pensemos na história sob outro ponto de vista: muitas mulheres consideram homem bom de cama aquele que excelente nas preliminares e que sabe explorar seu corpo inteiro com as mãos e boca. Mas se o rapaz é muito carinhoso é gay? Ou quando se trata delas fazerem isso nos homens não fazem carinhos em certos lugares (bumbum, cu) por que tem medo que eles gostem? Desculpe moça, mas você é machista. E se o cara adora carinho e lambida em todo o corpo, menos nessas partes traseiras, desculpe moço, você é machista e burro! Se ambos deixassem esses pudores de lado poderiam desfrutar imenso prazer. Se for bom, qual o problema né? Se o rapaz não sabe ser carinhoso ou alternar entre pegadas com vontade e carinhos gentis, ele pode ser machista também, mas você pode tentar amaciá-lo.

Poderíamos fazer todas as misturas possíveis dentro desses perfis escolhendo aleatoriamente um de cada. Sairiam perfis que não estamos acostumados, muitos que acharíamos bizarros. Mas te garanto uma coisa, para qualquer perfil que fizermos existirão várias pessoas que se encaixam nessa descrição, e devemos respeitá-las da mesma maneira como se fosse nosso melhor amigo. Todos merecem respeito e compreensão. Pelo fim do julgamento devido ao estereótipo!

Em exemplo de estereótipo oposto ao padrão imposto como perfeito pela nossa cultura atual seria:

Homem, feminino, bissexual, passivo, negro com cabelo pixaim de origem nordestina morando em São Paulo. Sensível, gay assumido mas discreto, casado com um homem masculino liberal por quem é sustentado e, apesar de terem um relacionamento aberto e dela ter atrações bissexuais, não busca relações fora do seu namoro, sem vida promíscua. Bonito e em forma, só teve dois parceiros até hoje, a namorada anterior com quem perdeu a virgindade e o atual. Tem 35 anos e o namorado 25. Tem surdez. Classe média-baixa, mas vivendo bem nos Jardins, numa casa própria recém comprada. Ela vota sempre na direita e seu namorado sempre na esquerda.

Lembrando:

As pessoas deveriam se dar mais liberdade para sentir seu corpo e para se vestirem como se sentirem bem. Deixar os tabus de lado e entender que não existe diferença entre tocar no braço ou na cintura, e na boca ou na bunda ou no órgão sexual de alguém. Se sente prazer e se isso é bom para a pessoa e seus parceiros, é o que importa. Essa imposição de padrões deve ser ignorada e combatida. Aceitem as pessoas como elas são. Não julguem. Experimentem sem medos. antes de sermos homens ou mulheres, somos humanos. Somos né?


MANIFESTO HOMENS LIBERTEM-SE!

(by Puig Nico citando The Living Theatre: http://www.homenslibertemse.com/portal/116-2/.)

– Quero o fim da obrigatoriedade ao Serviço Militar.
– Posso broxar. O tamanho do meu pau também não importa.
– Posso falir. Quero ser amado por quem eu sou e não pelo que eu tenho.
– Posso ser frágil, sentir medo, pedir socorro, chorar e gritar quando a situação for difícil.
– Posso me cuidar, fazer o que eu quiser com a minha aparência e minha postura, cuidar da minha saúde, do meu bem estar e fazer exame de próstata.
– Posso ser sensível e expressar minha sensibilidade como quiser.
– Posso ser cabeleireiro, decorador, artista, ator, bailarino; posso me maravilhar diante da beleza de uma flor ou do voo dos pássaros.
– Posso recusar me embebedar e me drogar.
– Posso recusar brigar, ser violento, fazer parte de gangues ou de qualquer grupo segregador.
– Posso não gostar de futebol ou de qualquer outro esporte.
– Posso manifestar carinho e dizer que amo meu amigo. Quero viver em uma sociedade em que homens se amem sem que isso seja um tabu.
– Posso ser levado a sério sem ter que usar uma gravata; posso usar saia se eu me sentir mais confortável.
– Posso trocar fraldas, dar a mamadeira e ficar em casa cuidando das crianças.
– Posso deixar meu filho se vestir e se expressar ludicamente como quiser e farei tudo para incentivá-lo a demonstrar seus sentimentos, permitindo que ele chore quando sentir vontade.
– Posso tratar minha filha com o mesmo grau de respeito, liberdade e incentivo com que apoio meu filho.
– Posso admirar uma mulher que eu ache bela com respeito, sem gritaria na rua e me aproximar dela com gentileza, sem forçá-la a nada.
– Eu sei que uma mulher está de saia – ou qualquer outra roupa – porque ela quer e não porque está me convidando para nada.
– Eu sei que uma mulher que transa com quem quiser ou transa no primeiro encontro não é uma vadia, bem como o homem que o faz não é um garanhão; são só pessoas que sentiram desejo.
– Eu nunca comi uma mulher; todas as vezes nós nos comemos.
– Eu não tenho medo de que tanto homens como mulheres tenham poder e ajo de modo que nenhum poder anule o outro.
– Eu sei que o feminismo é uma luta pela igualdade entre todos os indivíduos.
– Eu nunca vou bater numa mulher, não aceito que nenhuma mulher me bata e me posiciono para que nenhum homem ou mulher ache que tem o direito de fazer isso.
– Eu vou me libertar, não para oprimir mais as mulheres, mas para que todos possamos ser livres juntos.
– Eu fui ensinado pela sociedade a ser machista e preciso de ajuda para enxergar caso eu esteja oprimindo alguém com as minhas atitudes.
– Eu não quero mais ouvir a frase “seja homem!”, como se houvesse um modelo fechado de homem a ser seguido. Não sou um rótulo qualquer.
– Quero poder ser eu mesmo, masculino, feminino, louco, são, frágil, forte, tudo e nada disso. E me amarem e aceitarem, não por quem acham que eu deva ser, mas por quem eu sou. E por tudo isso, não sou mais ou menos homem.
– Quero ser mais que um homem, quero ser humano!
– O machismo também me oprime e quero ser um homem livre!

FontePublicação Facebook by Puig Nico em 30 de maio de 2014  citando The Living Theatre: http://www.homenslibertemse.com/portal/116-2/.


LINKS – LEIA TAMBÉM:

Páginas interessantes sobre o assunto, com outras opiniões. Leituras complementares. (Os links a seguir não necessariamente representam a opinião deste autor, alguns inclusive contradizem. Tem, portanto, função de enriquecer a discussão e fazer você desenvolver sua própria opinião.)

1. Entenda identidade de gênero e Orientação sexual – http://www.plc122.com.br/orientacao-e-identidade-de-genero/entenda-diferenca-entre-identidade-orientacao/ ou aqui.

2. Por que a bicuriosidade masculina causa tanto alarde? – http://papodehomem.com.br/por-que-a-bicuriosidade-masculina-causa-tanto-alarde/ ou aqui.

3. Para pensar em sexo e dar tesão nas mulheres – http://www.parapensaremsexo.com/.

4. As regras que a esposa de Albert Einstein precisava seguir para ficar com ele – http://super.abril.com.br/blogs/historia-sem-fim/veja-as-regras-que-a-esposa-de-albert-einstein-precisava-seguir-para-ficar-com-ele/ ou aqui.

5. Homens contam o que ouviram quando foram abusados sexualmente – http://www.brasiliaempauta.com.br/artigo/ver/id/2746/nome/Homens_contam_o_que_ouviram_quando_foram_abusados_sexualmente.

6. ‘Repovoando’ o mundo de homens gentis, educados e sensíveis – http://lorenaperdigao.blogspot.com.br/2013/08/repovoando-o-mundo-de-homens-gentis.html ou aqui.

7. Trocando de lugar, os estereótipos de gênero – http://www.revistaforum.com.br/blog/2013/07/trocando-de-lugar/.

8. Nudez e vergonha do corpo – http://arthurlacerda.wordpress.com/2014/01/25/nudez-e-vergonha-do-corpo/ ou aqui.

9. Projeto Homens Libertem-se, mais links – http://www.homenslibertemse.com/portal/links-sugeridos/ ou aqui.

10. 10 coisas a saber sobre sexo pós-divórcio – http://www.brasilpost.com.br/2014/06/29/sexo-divorcio_n_5538549.html.

11. Outros estereótipos que sofrem: a cada 3 homicídios, 2 são contra negros – http://josiasdesouza.blogosfera.uol.com.br/2013/10/17/ipea-a-cada-3-homicidios-2-sao-contra-negros/ ou aqui.

12. Outros estereótipos que sofrem: Anistia Internacional: repressão afeta mais jovens negros no Brasil – http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/brasil/2013/05/22/interna_brasil,367477/anistia-internacional-repressao-afeta-mais-jovens-negros-no-brasil.shtml ou aqui.

13. Outros estereótipos que sofrem: Negros são mais abordados e agredidos – http://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidian/ff060402.htm ou aqui.

14. Experimento com crianças revela que racismo ainda é forte devido a nossa educação informal (e inconsciente) deturpada – http://youtu.be/Sq4z2Vq2K1w.

15. Mais video mostrando experimento com crianças sobre preconceito e racismo intrínseco devido a cor da pele – http://www.youtube.com/watch?v=DDO3RrxmCeQ&list=LLXGPuMfiiX4zouyJsScTGng&feature=share&index=23.

16. Mais teste psicológico de racismo com crianças – http://www.youtube.com/watch?v=29kzSogJESU&list=LLXGPuMfiiX4zouyJsScTGng&feature=share&index=24.

17. CNN – Teste das bonecas e as relações raciais – http://youtu.be/CkcpROCiolA.

18. Cientista negro famoso dá uma resposta Sensacional a pergunta Por que não existem mulheres nas ciências exatas – http://www.socialfly.com.br/videos/208-este-cientista-negro-famoso-da-uma-resposta-sensacional-a-uma-pergunta-um-tanto-presuncosa ou apenas o vídeo original – http://youtu.be/KEeBPSvcNZQ.

19. Moça, você é machista (facebook) – https://www.facebook.com/mocavceemachista.

20. Sou homem: Entrei Em 10 Lojas e Provei 20 Looks Femininos – http://eaiconteudo.com.br/blog/entrei-em-10-lojas-e-provei-20-looks-femininos/.

21. Gosto não se discute: Fio dental para homens – https://estilo.catracalivre.com.br/2014/06/lancada-na-reino-unido-sunga-estilo-fio-dental-para-homens/.

22. Machismo: e se fosse um pedreiro fazendo isso? – http://www.revistaforum.com.br/blog/2014/06/machismo-e-se-fosse-um-pedreiro/.

23. Gênero e Marketing. Video no facebook – https://www.facebook.com/photo.php?v=309830302512830.

24. Mulheres protagonistas sem final romântico mas com amor começam a surgir nos filmes Disney – http://www.revistaforum.com.br/questaodegenero/2014/06/03/malevola-frozen-e-valente-o-amor-entre-mulheres-comeca-despontar/.

25. Em defesa da liberdade de mostrar o peito: Biquini com estampa de mamilo – https://estilo.catracalivre.com.br/2014/06/mulheres-criam-biquini-com-estampa-de-mamilos-como-forma-de-protesto/.

26. Cartilha japonesa de orientação sexual em escolas –  http://www.revistaforum.com.br/blog/2014/06/em-cidade-japao-criancas-e-adolescentes-recebem-cartilha-sobre-diversidade-sexual/.

27. Mesma foto de mulher é photoshopada em diferentes países para se comparar padrões de beleza – http://www.hypeness.com.br/2014/06/mulher-e-photoshopada-em-paises-diferentes-para-comparar-padroes-de-beleza/.

28. Sexualidade feminina e muitos links bons – http://www.brasilpost.com.br/2014/06/28/sexo-fotos-exposicao_n_5539035.html.

29. Peça é cancelada após protagonista brigar com espectador que gritava insultos homofóbicos – http://oglobo.globo.com/cultura/teatro/peca-cancelada-apos-protagonista-brigar-com-espectador-que-gritava-insultos-homofobicos-12715241#ixzz33mBunD6Z ou aqui.

30. A incrível geração de mulheres que foi criada para ser tudo o que um homem NÃO quer – http://www.geledes.org.br/incrivel-geracao-de-mulheres-que-foi-criada-para-ser-tudo-o-que-um-homem-nao-quer/ ou aqui http://blogs.estadao.com.br/ruth-manus/a-incrivel-geracao-de-mulheres-que-foi-criada-para-ser-tudo-o-que-um-homem-nao-quer/.

31. A fabulosa geração de gays que nasceu para ser tudo que ninguém quer – http://www.revistaforum.com.br/blog/2014/07/fabulosa-geracao-de-gays-que-nasceu-para-ser-tudo-que-ninguem-quer/.

32. Nos anos 50, homens frequentavam casa secreta para agir e vestir como mulheres –  https://catracalivre.com.br/geral/design-urbanidade/indicacao/nos-anos-50-homens-frequentavam-em-casa-secreta-para-agir-e-vestir-como-mulheres/. Mias sobre Casa Susanna aqui e aquihttps://www.flickr.com/photos/marikita_tv/2617545035/in/photostream/ e http://lightbox.time.com/2014/04/14/casa-susanna/#1.

33. Imagens e mais textos do “Pelo direito de broxar, falir e ser sensível, campanha pede que homens libertem-se do machismo”  – https://catracalivre.com.br/geral/cidadania/indicacao/pelo-direito-de-broxar-falir-e-ser-sensivel-campanha-pede-que-homens-libertem-se-do-machismo/.

34. Fotógrafo francês registrou mais de 400 bailes e mostra o funk como você nunca viu; leia entrevista – https://catracalivre.com.br/geral/design-urbanidade/indicacao/fotografo-frances-registrou-mais-de-400-bailes-e-mostra-o-funk-como-voce-nunca-viu-leia-entrevista/.

35. Vídeo: Hetero Passivo? Como assim?! – http://www.youtube.com/watch?v=MgST3Z8iC-o.

36. 10 experiências sexuais que todos deveriam ter uma vez na vida – http://www.obaoba.com.br/pegacao/noticia/10-experiencias-sexuais-que-todos-deveriam-ter-uma-vez-na-vida.

37. Video: HOMENS LIBERTEM-SE! (HLS!) – https://www.youtube.com/watch?v=DBSTHArYJwQ .

38. Formada em Letras, Lola Benvenutti vai além da web e lança livro para falar de sua vida como garota de programa – https://catracalivre.com.br/geral/urbanidade/indicacao/formada-em-letras-lola-benvenutti-vai-alem-da-web-e-lanca-falar-de-sua-vida-como-garota-de-programa/.

39. Por que mamilos femininos tem que ser censurados da net e os masculinos não? (site em inglês) – http://racked.com/archives/2014/07/10/cara-delevingne-devises-simple-freethenipple-explainer.php.

40. Documentário mostra dia-a-dia de adeptos do poliamor – https://catracalivre.com.br/geral/cidadania/indicacao/documentario-mostra-dia-a-dia-de-adeptos-do-poliamor/ – e o vídeo em – http://vimeo.com/23988620 ou https://www.youtube.com/watch?v=H3SbBZNotuc.. Veja Também: Três documentários que falam sobre poliamor e suas infinitas maneiras de dizer ‘eu te amo’ – https://catracalivre.com.br/geral/invencoes-ideias/indicacao/tres-documentarios-que-falam-sobre-amor-e-suas-infinitas-maneiras-de-dizer-eu-te-amo/.

41. Você acha que homens podem algo e mulheres não? Ou que homens/mulheres TEM que ser assim? Antes de criticar o feminismo, entenda: Feminismo para leigos – http://www.cartacapital.com.br/blogs/feminismo-pra-que/feminismo-para-leigos-3523.html.

42.‘Não vim aqui para assistir a filme gay’: reações conservadoras a cenas do filme ‘Praia do Futuro’- http://oglobo.globo.com/sociedade/nao-vim-aqui-para-assistir-filme-gay-reacoes-conservadoras-cenas-de-praia-do-futuro-12561831

43. Entrevista com o Clitóris – http://desenhares.wordpress.com/2014/02/08/entrevista-com-o-clitoris-guardo-ainda-muitos-segredos/.

44. Video: Clitóris, Prazer proibido – https://www.youtube.com/watch?v=AAOgnyiKiqU.

45. Quando um encontro vira uma agressão (em espanhol) –  http://www.pikaramagazine.com/2012/11/%E2%80%9Cyo-queria-sexo-pero-no-asi%E2%80%9D-lo-que-iba-a-ser-un-encuentro-deseado-se-convierte-en-una-agresion-sexual-esa-situacion-es-mas-frecuente-que-el-estereotipo-de-violacion-por-parte-de/.

46. Se eu pedir para ser penetrado, a mulher vai me achar gay ou estranhar? – http://www.pergunteaumamulher.com/2014/09/se-eu-pedir-para-ser-penetrado-a-mulher-vai-me-achar-gay-ou-estranhar.html.

47. Puta, Piranha, Vagaba não é Xingamento – http://www1.folha.uol.com.br/colunas/gregorioduvivier/2014/01/1393513-xingamento.shtml.

48. Monogamia pra quem? Blogueiras Negras – http://blogueirasnegras.org/2014/09/04/monogamia-pra-quem/.

49. Drauzio Varella diz que homofobia “é ignorância” e manda recado para pastores – http://www.meionorte.com/noticias/drauzio-varella-diz-que-homofobia-e-ignorancia-e-manda-recado-para-pastores-258959 e https://www.youtube.com/watch?v=rqi-UTb9f9Y.

50. A diferença entre amor e desejo, segundo seu cérebro – http://revistagalileu.globo.com/Ciencia/Neurociencia/noticia/2014/07/diferenca-entre-amor-e-desejo-segundo-seu-cerebro.html.

51. O padrão estético “sem pelos” e a ditadura da depilação – https://catracalivre.com.br/geral/design-urbanidade/indicacao/coletivo-de-artistas-questiona-o-padrao-estetico-sem-pelos-e-a-ditadura-da-depilacao/.

52. Existe amor e sexo na Velhice – https://catracalivre.com.br/geral/cidadania/indicacao/serie-fotografica-mostra-que-existe-amor-e-sexo-na-velhice/.

53. Marcelo Tas fala da relação com filho transexual – http://www.correiodoestado.com.br/variedades/-marcelo-tas-fala-da-relacao-com-filho-transexual/228396/ .

54. Vídeo mostra cantadas que mulher recebe nas ruas – http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2014/10/141028_video_cantadas_rb .

55. Suicídio assistido: após último desejo jovem adia a própria morte – http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2014/10/141030_jovem_morte_ultimo_mdb .

56. Pesquisa revela as fantasias sexuais mais comuns entre homens e mulheres – http://www.correio24horas.com.br/detalhe/noticia/pesquisa-revela-as-fantasias-sexuais-mais-comuns-entre-homens-e-mulheres.

57. Fotos em P&B e Sépia mostram as drag queens do século XIX – https://estilo.catracalivre.com.br/modelos/fotos-em-pb-e-sepia-mostram-as-drag-queens-do-seculo-xix/.

58. Chega de fiu fiu, quer o fim do assédio – http://www.oserrano.com.br/view.asp?tipo=Local&id=35511.

59. Além do “masculino” e “feminino”: Facebook já permite personalizar gênero no Brasil – http://info.abril.com.br/noticias/internet/2015/03/alem-do-masculino-e-feminino-facebook-ja-permite-personalizar-genero-no-brasil.shtml.

60. Mais que questão de respeito: Ilustrações mostram como comentários maldosos afetam a vida das pessoas. http://www.hypeness.com.br/2014/07/como-podem-ser-danosas-algumas-coisas-que-falamos/.

61. Deixa alguém gostar de você, caralho!!! – http://umtravesseiroparadois.com.br/deixa-alguem-gostar-de-voce-caralho/.

62. Guia Gay: 10 passos para pegar um cara “heterosexual” – http://sossolteiros.bol.uol.com.br/guia-gay-10-passos-para-pegar-um-cara-heterosexual/.

63. Dicas sexuais? Guia Vice para diversas coisas: Chupar xoxota, Fazer boquete, Para lésbicas chuparem xoxota, etc. – http://www.vice.com/pt_br/read/guia-vice-para-chupar-xoxota e http://www.vice.com/pt_br/read/guia-vice-para-fazer-um-boquete e http://www.vice.com/pt_br/read/guia-lesbico-para-chupar-xoxota. Nas próprias páginas tem links para outras interessantes.

64. Ótimo artigo: Biologia e Psicologia: A verdadeira origem da homossexualidadehttp://climatologiageografica.com/atualizado-biologia-e-psicologia-a-verdadeira-origem-da-homossexualidade/.

65. Cavalheirismo é machismo – http://www.papodehomem.com.br/cavalheirismo/.

66. A incrível geração de mulheres que foi criada para ser tudo o que um homem não quer – http://www.sabiaspalavras.com/a-incrivel-geracao-de-mulheres-que-foi-criada-para-ser-tudo-o-que-um-homem-nao-quer-2/.

67. Sexo anal: 5 motivos para perder a vergonha e tentar – http://sossolteiros.bol.uol.com.br/sexo-anal-5-motivos-para-perder-a-vergonha-e-tentar/.

68. E a vida sem sexo, como vai? Melhor que sexo. Conheça um pouco mais sobre Assexualidade – http://tab.uol.com.br/assexuais/.

69. Discussão sobre Gênero na Escola e Educação – Professora e Pesquisadora de Estudos de Gênero comenta declaração de prefeito de Florianópolis sobre Plano Municipal de Educação – http://professorlinoperes.com.br/?mod=pagina&id=406 – Entenda o caso: https://www.facebook.com/everson.mendes.79/posts/1479152062395243 e https://www.facebook.com/everson.mendes.79/videos/vb.100009013893043/1479357275708055/?type=2&theater .

70. Sexualidade na Educação – Direto ao ponto: As principais dúvidas sobre Educação Sexual – Sexo, identidade de gênero e orientação sexual: quais as diferenças? – http://revistaescola.abril.com.br/blogs/educacao-sexual/2013/05/30/os-jeitos-sexuais-de-ser/.

71. RELACIONAMENTO É PARCEIRIA E NÃO PROPRIEDADE – https://ventomar.wordpress.com/2015/06/08/relacionamento-e-parceria-e-nao-propriedade/.

72. Lingeries masculinas conquistam mais adeptos a cada dia; você usaria? Cuelcinhas – https://estilo.catracalivre.com.br/comportamento/lingeries-masculinas-conquistam-mais-adeptos-a-cada-dia-voce-usaria/. Outros sites relacionados: https://bodyaware.com/. http://www.hsmens.com.br/. http://www.hommemystere.com/.

73. Fluidez sexual: não somos APENAS gays ou héteros – Vlog Sem H – https://www.youtube.com/watch?v=qF_6cxPndPc.

74. Desde posições mais comuns até brinquedos mais usados, rede mapeou o perfil sexual do brasileiro – http://elastica.abril.com.br/o-sexlog-rede-social-de-sexo-reuniu-dados-reveladores-sobre-o-que-a-galera-curte-na-cama.

75. A curiosa cidade onde as meninas desenvolvem pênis quando chegam à puberdade – http://www.mdig.com.br/index.php?itemid=35650.

76. As Hiper Mulheres do Xingu – Esqueça o que aprendeu sobre “comportamento sexual feminino” – https://asminanahistoria.wordpress.com/2015/09/29/as-hiper-mulheres-esqueca-o-que-aprendeu-sobre-comportamento-sexual-feminino/.

77. dez coisas que homens fazem errado durante o sexo – http://vulvarevolucao.com/2015/10/05/10-coisas-que-homens-fazem-errado-durante-o-sexo/.

78. Homens héteros falam sobre o prazer de se vestirem como mulher. Enquete da reação das mulheres – http://mulher.uol.com.br/comportamento/noticias/redacao/2015/10/09/homens-heteros-falam-sobre-o-prazer-de-se-vestirem-como-mulher.htm?cmpid=fb-uolnot.

79.Cantora Bárbara Eugênia tira a roupa em show para pedir naturalização da nudez – http://f5.folha.uol.com.br/celebridades/2015/11/1701129-cantora-barbara-eugenia-tira-a-roupa-em-show-para-pedir-naturalizacao-da-nudez.shtml.

80. Parece 1915, mas é 2015: campanha usa notícias para abordar igualdade de gênero. http://www.adnews.com.br/publicidade/parece-1915-mas-e-2015-campanha-usa-noticias-para-abordar-igualdade-de-genero e veja o video abaixo (inglês)

81. Livro ensina a discutir com fascistas: Parabéns, atingimos a burrice máxima – A “baranga” Simone de Beauvoir e a importância de um livro que ensina a conversar com fascistas. http://brasil.elpais.com/brasil/2015/11/09/opinion/1447075142_888033.html.

82. Qual é o seu talento sexual?? (teste) – http://mulher.uol.com.br/comportamento/quiz/2015/11/22/qual-e-o-seu-talento-sexual.htm.

83. Brasileiro é falso moralista e duas-caras quando se trata de sexualidade, dizem historiadores – http://mulher.uol.com.br/comportamento/noticias/redacao/2012/04/27/brasileiro-e-falso-moralista-e-duas-caras-quando-se-trata-de-sexualidade.htm.

84. Educação de gênero: por um ensino sem “coisa de menino” e “coisa de menina” – http://naescola.eduqa.me/carreira/educacao-de-genero-por-um-ensino-sem-coisa-de-menino-e-coisa-de-menina/.

85. 48 frases que homens escutam ao longo da vida (e que são ruins pra todo mundo) – https://www.facebook.com/HuffPostBrasil/videos/1149354551741464/.

86. 48 Things Women Hear In A Lifetime (That Men Just Don’t) – 

87. Racismo | Nerdologia 90. https://www.youtube.com/watch?v=qip5YJw-f9c .

88. Existe cura gay? | Nerdologia 86. https://www.youtube.com/watch?v=8zx8HXIZ-44.

.

89. Sexo casual não precisa ser vazio, frio, raso. http://lounge.obviousmag.org/coffee_is_my_boyfriend/2015/09/sexo-casual-nao-precisa-ser-raso.html.

90. Movimento apoia professor afastado por uso de saia. http://correio.rac.com.br/_conteudo/2016/03/campinas_e_rmc/419697-movimento-apoia-professor-afastado.html.

91. Videos exploram erotismo com frutas por Stephanie Sarley. http://stephaniesarley.com/videos/. e

92. Pai dá cozinha rosa para filho aprender que não existe brinquedo de menina ou de menino. http://maternar.blogfolha.uol.com.br/2016/03/04/pai-da-cozinha-rosa-para-filho-aprender-que-nao-existe-brinquedo-de-menina-ou-de-menino/?cmpid=facefolha

93. Coleção sobre antiprincesas e antiheróis ajuda a desconstruir estereótipos de gênero em sala de aula  – Livros resgatam personagens latino-americanas como Frida Kahlo, Violeta Parra e Clarice Lispector – http://www.cartaeducacao.com.br/reportagens/colecao-sobre-antiprincesas-e-antiherois-ajuda-a-desconstruir-estereotipos-de-genero-em-sala-de-aula/.

94. “Deixando o X para trás na linguagem neutra de gênero”, por Juno – http://partidopirata.org/deixando-o-x-para-tras-na-linguagem-neutra-de-genero-por-juno/ ou original em https://naobinario.wordpress.com/2014/11/01/deixando-o-x-para-tras-na-linguagem-neutra-de-genero/.

95. Eram os indígenas transgêneros? Índios americanos chegavam a ter até 5 gêneros. Redução aos opostos binários homem-mulher veio com europeus. – http://outras-palavras.net/outrasmidias/?p=329861.

96. Sexo pode ser o que você quiser: manifesto por uma sexualidade menos careta – http://www.casalsemvergonha.com.br/2014/06/03/sexo-pode-ser-aquilo-que-voce-quiser-manifesto-por-uma-sexualidade-menos-careta/ ou aqui.

97. Enquete simples sobre Sexualidade – http://www.ohomemfeminino.com.br/2016/08/enquete-sexualidade.html.

98. Video: Ideologia de Gênero – 3/6 – Sexo é da Biologia e Gênero é da sociedade e da culturahttps://www.youtube.com/watch?v=DiwYDVBhQU4.

99. Conheça catarinenses que abrem espaço à diversidade na internet – http://dc.clicrbs.com.br/sc/estilo-de-vida/noticia/2017/01/conheca-catarinenses-que-abrem-espaco-a-diversidade-na-internet-9325323.html.

100. Qual é meu Gênero? | Louie Ponto | Especial Dia da Mulher – https://www.youtube.com/watch?v=LV7l13SZcw8.

101. Como saber se sou lésbica ou hétero ou gay ou bi ou assexuada?| Louie Ponto – https://www.youtube.com/watch?v=prLICzyhYDM.

102. Dar cu é bom? Faz mal? Dá pra gozar? É submissão? Passa doenças? E se sair cocô? A gente responde a todas essas dúvidas sobre o uso sexual do ânus e muito mais nesta reportagem – https://www.papodehomem.com.br/dar-cu-e-bom.

.